Na manhã da última sexta-feira, 30, os servidores do Ministério Público da União – MPU,em Picos, paralisaram suas atividades aderindo a uma reivindicação nacional. A pauta da paralisação é o reajuste salarial da categoria que desde 2009 os funcionários não obtiveram.

No município de Picos 23 funcionários do Ministério Público da União e do Ministério Público Federal aderiram à paralisação que ocorre durante toda esta sexta-feira. A partir da próxima segunda-feira, 02, as atividades voltam à normalidade.

De acordo com a técnica administrativa do MPU, em Picos, Leilane Alencar, a possibilidade de uma greve geral ainda não é descartada. “Infelizmente eu acredito que vai culminar com uma greve. Mas não queremos que o nosso trabalho pare. A nossa paralisação de hoje é apenas um termômetro para perceber se a categoria está unida, temos de ter uma porcentagem bem grande para que a greve aconteça”, afirmou a servidora.

Leilane Alencar ainda ressaltou que após a manifestação, a categoria deve entrar em diálogo para rever as próximas diretrizes que caminham para a greve.

O MPU é o guardião e protetor da sociedade, dos pobres, das minorias e da própria República. É a instituição que fiscaliza e combate as irregularidades provenientes não só dos órgãos públicos mas de todos os que violam a Constituição e as leis do país.

Fonte: http://www.riachaonet.com.br/servidores-do-mpu-de-picos-paralisam-atividades.html/