ASMPF celebra 30 anos da Constituição e relembra à Procuradora-Geral da República pleitos dos servidores.

ASMPF celebra 30 anos da Constituição e relembra à Procuradora-Geral da República pleitos dos servidores.

A Associação dos Servidores do Ministério Público Federal – ASMPF fez-se presente no encontro MPF Cidadão 30 anos, Uma História de Combate ao Crime e de Proteção aos Direitos Humanos, realizada no Memorial do MPF.

O encontro foi em decorrência do saldo positivo do projeto de resgate histórico e de aproximação do Ministério Público Federal com a sociedade, lançado em 14 de dezembro de 2017. A data reveste-se de extrema importância para a manutenção do estado democrático de direito, alcançado pelo país com a Carta Magna. A ocasião serviu para celebrar os 30 anos da promulgação da Constituição Cidadã de 1988. Destacou-se a vanguarda conquistada pelo MPF e as lutas travadas pela instituição na manutenção de suas conquistas.

Em oportunidade, a ASMPF relembrou à Procuradora-Geral da República, Raquel Elias Dodge, pleitos recentes e antigas aspirações dos servidores, tal qual a Sala dos Aposentados, promessa externada pela Procuradora-Geral da República em pedido feito durante a inauguração da Sala dos Procuradores Eméritos (Veja aqui). Na ocasião a PGR mostrou-se favorável à solicitação.

O tesoureiro, Joanildo Santiago Souza, apresentou duas propostas alternativas, da ASMPF, para equacionar a questão da exclusão dos pais dos servidores do Plan Assiste: equiparação ao modelo do STJ ou ao modelo adotado pelo STF. Ambas as propostas satisfazem aos anseios dos servidores do MPF.

Outra reivindicação mencionada à PGR é a satisfação de um antigo pleito dos servidores, qual seja um assento no Conselho do Plano Gestor do Plan Assiste. Raquel Dodge falou da necessidade de se efetuar estudos sobre as questões apresentadas para verificar a possibilidade de atendimento dos pleitos.

ASMPF,

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES. 

Deixe uma resposta