/ASMPF e entidades abrem diálogo com novo presidente da ANPR para tratar de reivindicações

ASMPF e entidades abrem diálogo com novo presidente da ANPR para tratar de reivindicações

Na tarde desta quinta-feira (23/05) a Associação dos Servidores do Ministério Público Federal – ASMPF e demais entidades representativas do Ministério Público da União e do Poder Judiciário se reuniram na Associação Nacional dos Procuradores da República – ANPR para tratar, com o novo presidente da entidade, Fábio George Cruz, de diversos temas comuns, a exemplo da Reforma da Previdência, julgamento dos Quintos, julgamento da Data Base, Plan-Assiste, entre outros assuntos.

Objetivando fortalecer a parceria entre as entidades (associações de servidores, membros e sindicatos), foi deliberada a realização de reuniões regulares para alinhamento dos trabalhos que serão desenvolvidos.

A presidente da ASMPF, desde que assumiu o mandato, vem defendendo e promovendo a união entre as entidades para enfrentamentos comuns. A reunião com a ANPR foi extremamente produtiva, na medida em que o novo presidente da entidade aparentou comungar do mesmo posicionamento, inclusive, comprometendo-se a incluir na reunião que se realizará, no início da semana que vem com Dra. Raquel,  a defesa dos Quintos. 

Destacam-se alguns temas abordados na reunião:

  • Julgamento dos Quintos: No dia 30 de maio, os Quintos serão julgados no STF e as entidades destacaram a necessidade da luta conjunta em defesa da segurança jurídica (coisa julgada e decadência), em especial, a distribuição de novos memoriais pela Procuradora Geral da República, Raquel Dodge, aos Ministros do STF, ressaltando pontos relevantes em defesa da manutenção dos Quintos. 
  • Julgamento da Data-base: As entidades comunicaram ao presidente da ANPR que no dia 13 de junho o STF estará dando continuidade ao julgamento da indenização por falta de reajuste dos vencimentos anuais (revisão anual – data base) e destacaram a urgente necessidade de audiências com os Ministros, em defesa da revisão anual dos vencimentos.
  • Reforma da Previdência:  A necessidade de união para o enfrentamento contra a Reforma da Previdência.  

Fábio George mostrou-se muito receptivo e disposto a colaborar naquilo que for possível, com a defesa dos temas abordados. Para facilitar o diálogo, repise-se, a ANPR se dispôs realizar reuniões periódicas com as entidades.Essa é a ASMPF trabalhando por você!

ASMPF

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES