/CANDIDATO A PGR, AUGUSTO ARAS, PARTICIPA DE REUNIÃO UNIFICADA COM A ASMPF E DEMAIS ENTIDADES

CANDIDATO A PGR, AUGUSTO ARAS, PARTICIPA DE REUNIÃO UNIFICADA COM A ASMPF E DEMAIS ENTIDADES

A Associação dos Servidores do Ministério Público Federal – ASMPF, recebeu, em sua sede, na tarde desta segunda-feira (13), o candidato a Procurador-Geral da República, Dr. Augusto Aras. A reunião contou com a participação das demais entidades representativas dos servidores do MPU (ASEMPT, ASMIP, SINDMPU, AGEMPU, ASCNMP e SINDJUS).

O Subprocurador-Geral da República Antônio Augusto Brandão de Aras, empossado há 32 anos no Ministério Público, concorrerá ao cargo de Procurador-Geral da República “por fora” da lista tríplice coordenada pela ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República), por entender que preceitua a Carta Magna que o nome para ocupar o cargo de PGR é de livre escolha do Presidente da República.

Entende o Subprocurador que a lista tríplice, além de dividir o MPF em grupos, estimula o corporativismo e as consequências são ruins para a instituição.

Augusto Aras trouxe em seu discurso o fortalecimento do MPU pelo resgate de valores, a exemplo do democrático; realçou que “O Ministério Público da União integra o Ministério Público Brasileiro, o qual tem no Procurador-Geral da República o presidente do Conselho Nacional do Ministério Público, com grande responsabilidade de promover a defesa da ordem jurídica que há de sustentar o regime democrático, o sistema econômico de mercado e os interesses sociais e individuais indisponíveis.”

Destacou ainda o Subprocurador-Geral da República que: “No relacionamento com os servidores, é importante promover aintegração entre os servidores e os membros, aproximando-os em derredor do bem comum, que é o propósito último da República que encima o título do chefe da instituição Procurador-Geral da República. Para isso, promoverá gestão democrática que assegure a todas as carreiras do Ministério Público da União a participação nas tomadas das decisões político-institucionais nas respectivas áreas de atuação, com a representação nos conselhos auxiliares da gestão do Procurador-Geral da República.”

Ressaltou Augusto Aras: “a valorização dos servidores mediante contínua capacitação dos seus quadros, a propositura legislativa anual para reposição do poder aquisitivo das remunerações em face das perdas inflacionárias e a adoção de práticas de recursos humanos que aproximem membros e servidores, mantendo a integridade de todos e a dignidade da pessoa humana, para que os serviços prestados pelo Ministério Público se realizem com o maior grau de resolutividade possível, buscando primordialmente solucionar conflitos na via judicial.”

No que diz respeito as reivindicações apresentadas pelas entidades, Dr. Aras afirmou: “A Administração tem o dever de cumprir todos esses pleitos”, por se tratar de pautas basilares. Destarte, assinou o termo de compromisso, (clique aqui), afirmando que os servidores podem contar com o deferimento dos pedidos caso seja indicado para o cargo de PGR.

A ASMPF informa que em breve realizará consulta, aos servidores e membros do MPF, ativos e inativos, associados ou não, para indicação do novo PGR. Todos poderão participar. Cadastre-se e gere sua senha no sistema de votação eletrônica da ASMPF em: http://asmpf.org.br no link eleição.

ASMPF

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES

TAGS: