Servidor da PR/PB conquista medalhas de prata e bronze em campeonatos nacionais de tiro

Servidor da PR/PB conquista medalhas de prata e bronze em campeonatos nacionais de tiro

Coordenador jurídico do MPF, Edson também alcançou terceiro lugar no Campeonato Paraibano

No último domingo (25), o servidor Edson Airton de Oliveira, coordenador jurídico da Procuradoria da República na Paraíba, participou, no Rio de Janeiro, da 47ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Tiro Esportivo e da final da Copa do Brasil, conquistando 2º e 3º lugares, respectivamente. Além dessas competições, Edson também participou, no dia 10 de novembro, da final do Campeonato Paraibano de Car/Pst/RF 2018, conquistando o 3º lugar.

Alcançando um notável desempenho na categoria esportiva de tiro, Edson conta que iniciou sua carreira como atleta em janeiro de 2018, filiando-se ao Clube de Tiros Pessoense. De acordo com o servidor, os iniciantes são enquadrados na classe C e, em um período de apenas oito meses, ele conseguiu alcançar a classe A, posição de elite do tiro da carabina de ar comprimido.

Nesse período, o coordenador jurídico teve fundamental apoio da Associação dos Servidores do MPF (ASMPF), que patrocinou a participação do servidor nos campeonatos. “No primeiro tiro eu me apaixonei pelo esporte e conversando com o pessoal da Administração da PR/PB falei que tinha começado de enxerido porque tinha pego na arma pela primeira vez e tinha atirado em um único sábado, e dois sábados após seria a primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Tiro Esportivo. Falando sobre isso com o pessoal da associação, me disseram que poderiam me patrocinar se eu quisesse. Inicialmente relutei, mas depois topei. Então eles me deram quatro latas de chumbo para que eu pudesse treinar e participar das minhas competições”, comentou.

Somando dez participações em campeonatos de tiro, Edson confessa que jamais teria conseguido chegar onde chegou sem o apoio dos colegas da PR/PB. “Tenho por hábito dizer que ninguém vence sozinho. Me lembro muito bem que, quando entrei na linha de tiro do campeonato, no último domingo, respirei fundo, me concentrei e na hora que fui dar o último tiro da passagem, que é a minha estratégia de competição, pensei: comigo tem toda a PR/PB junta, que acreditou que eu poderia chegar aqui”, externou, exibindo um sorriso de gratidão.

Segundo Teresa Campelo, diretora do núcleo da ASMPF na Paraíba, a associação, enquanto instituição filantrópica e de caráter social, tem como um de seus objetivos valorizar o esporte e a cultura. “A ASMPF contribuiu e apoiou Edson nesse desafio. E ele, em poucos meses de treinamento, se mostrou um atleta de alto nível, a ponto de conseguir subir em pódios nas competições que disputou. Isso é muito gratificante para nossa associação”, declarou.

Para o procurador-chefe do MPF na Paraíba, Marcos Queiroga, o estímulo à prática de esportes é algo que sempre deve estar em pauta. “Edson apresentou um desempenho marcante, mesmo com pouco tempo de prática nesse esporte que requer muita concentração e precisão, marcas, aliás, inatas do servidor. Para além da procuradoria, é muito salutar que busquemos outras atividades que nos engrandeçam e nos ajudem a aliviar o estresse natural do dia a dia. Nesse contexto, a prática esportiva é muito bem-vinda, a um só tempo cuidando do corpo e da mente” declarou Queiroga, que também é desportista (ciclista).

ASMPF

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES

  

 Fonte: intranet.mpf.mp.br 

Deixe uma resposta