BA
CE
DF
GO
MA
PA
PB
PI
RJ
SC
SP

ASMPF PROTOCOLA REQUERIMENTO DE RECOMPOSIÇÃO INFLACIONÁRIA AO PGR

Na tarde de ontem (21), a Associação dos Servidores do Ministério Público Federal (ASMPF), em conjunto outras associações (AGEMPU e ASEMPT), protocolou ao Procurador-Geral da República Augusto Aras, requerimento (PGR-00107241/2022) sobre a recomposição das perdas inflacionárias dos servidores do MPU.

No documento, as entidades requerem, por intermédio do PGR, o envio da proposta de alteração do Anexo V da LOA 2022, prevendo destinação de verba para atendimento de PL relativo ao reajuste da remuneração para os cargos e carreiras dos Servidores Públicos Federais; além de um projeto para alterar a Lei n.º 13.316/16, com vistas a recompor os salários dos servidores do MPU no percentual indicado de 31,88%, valor acumulado das perdas salariais de janeiro de 2016 a dezembro de 2021.  Este é o período em que se encontra sem reajustes os salários dos servidores do MPU.

As associações não pedem aumento de salário, mas apenas a reposição inflacionária do período.

Marcos Ronaldo Freire, representante das Associações na Comissão Permanente de Gestão da Carreira dos Servidores do MPU, acredita que o requerimento protocolado ontem não é um ponto de chegada, mas sim um ponto de partida para uma articulação a ser realizada juntamente com as demais entidades (associativas e sindicais) e, principalmente, com o conjunto da categoria. “É um indicativo para a justa e necessária compensação da defasagem salarial dos servidores do MPU.” disse.

ASMPF

UNINDO, INOVANDO E CRESCENDO!

 

Foto: Isabel Alves/ASMPF

Gostou deste conteúdo? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Post Recentes